8 de março de 2016

Duas resenhas de livros teóricos (Trauma e Literatura).


Porque não só de banda desenhada vive o homem, deixamos aqui uma breve menção a outros trabalhos que vamos fazendo noutras frentes, ainda que diga respeito a resenhas críticas também. 
No primeiro caso, trata-se de uma resenha a um importante contributo para o contínuo desenvolvimento e expansão da área conhecida por Estudos do Trauma, com The Future of Trauma Theory. Foi publicada no último número da Diacrítica (29/3), e que encontrarão a partir da página 229 do pdf, aqui.
No segundo, em língua inglesa, é uma leitura de um volume de estudos literários, mais especificamente do encontro entre teoria e história da literatura, Literature Now, que saiu na publicação online estrema, e cuja versão em pdf encontram aqui.
Agradecimentos às editoras respectivas, pela oferta dos livros, assim como aos editores de ambas as revistas que receberam os textos.

2 comentários:

Joaquim Santos disse...

Caro Pedro Moura, o sr. assume-se cada vez mais como alguém a seguir. Parabéns pelo texto na “Diacrítica” e na “Estrema”. Confesso-lhe que estava longe de imaginar as áreas onde se move. Parabéns!
Gostava de o conhecer melhor e de saber mais de si enquanto académico. Peço-lhe que releve a ousadia de já anteriormente lho ter proposto e agora de novo. Mas há tão poucas pessoas que com quem vale a pena conversar-se. Imagino que para além de doutorando seja professor na Un. Lisboa.
Fiz o download dos seus dois textos e tenho agora – para além de centenas de testes de 10º ano para corrigir – o problema de por qual dos dois começar, visto que abordam coisas tão distintas e interessantes. Penso que começarei pelo da Diacrítica, ainda que a questão do “Trauma” me seja particularmente cara. Não o demoro. Receba o meu abraço de admiração, joaquim

Pedro Moura disse...

Caro Joaquim Santos,
Obrigado pelas palavras, mas que não mereço. Há mais pessoas com quem vale a pena conversar sobre banda desenhada. E apesar de dar aulas há anos, não tenho a sorte (?) de ter um poiso em faculdades (mas já estive em várias escolas superiores). E estes dois textos não são senão resenhas críticas de livros, e não artigos propriamente ditos (apesar de uns quantos estarem no forno da espera). Aquele sobre Estudos do Trauma é central, pois o meu projecto insere-se nessa área de estudos... e com a banda desenhada.
Em breve, obrigado!

pedro